Blog

Confira as notícias, novidades e curiosidades sobre turismo

Publicado em 19/09/20 às 08:53:00

Exposição Parque Nacional das Emas em Preto e Branco - 60 anos

André Monteiro

Exposição Parque Nacional das Emas em Preto e Branco  - 60 anos


André Monteiro

Fotógrafo, escritor, cerradeiro e palestrante.
 

No dia 11 de janeiro de 2021 o Parque Nacional das Emas e o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros completam 60 anos. Criados em 11 de janeiro de 1961 através de Decreto Federal fazem seus 60 anos com muitos motivos para comemorações. Ambos foram declarados Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO em 2001.

Estamos postando algumas exposições fotográficas sobre o Parque Nacional das Emas. 

As exposições são uma declaração de amor ao Parque e ao bioma Cerrado, que vivem sob permanente pressão das atividades antrópicas, buscando assim ajudar na conscientização de sua importância e preservação.

A produção de um ensaio de fotografias de natureza em Preto e Branco foi um projeto de longa data e que resultou em várias exposições em Goiás. O trabalho foi feito, em sua maior parte, dentro dos limites da Parque Nacional das Emas, a maior Unidade de Conservação do bioma Cerrado no mundo, declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO, onde preserva todas as suas fitofisionomias intactas e detém a maior concentração da fauna e flora do ecossistema em território nacional.
A exposição em Preto e Branco do Parque das Emas permite ver as cenas da natureza ancestral de uma nova maneira, como uma abstração da realidade. Sem a cor, as formas e a luz ganham destaque. A fotografia surgiu e se desenvolveu em Preto e Branco e o saudosismo e a atemporalidade do P&B são um reforço afetivo na imagem. A exposição é um resgate do primitivo, na forma apresentada pela fotografia em seus primórdios e na homenagem à memória do Cerrado.
 

André Monteiro é graduado em Engenharia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Possui formação em Professional Photography pelo New York Institute of Photography, EUA e pós-graduação em Sensoriamento Remoto de Imagens pela Universidade Federal de Goiás. É autor dos livros (fotografia e texto)  “Memórias, boiadeiros do Cerrado”, [ICBC, 2010], “Parque das Emas, no coração do Cerrado”, [LL Editora, 2018],  “Notas do Isolamento, quase diário de uma epidemia”, publicação em produção [LL Editora, 2020] e “Águas de um Cerrado particular”, publicação prevista para o primeiro semestre de 2021. É associado da AFNATURA (Associação dos Fotógrafos de Natureza do Brasil). É palestrante e instrutor de fotografia de natureza, com oficinas realizadas em instituições privadas e públicas e em expedições fotográficas a Parques Nacionais, Estaduais e Reservas Naturais em Goiás. 
@andremontphoto
www.andremonteiro.org

Fale Conosco (64) 9948-5233