Blog

Confira as notícias, novidades e curiosidades sobre turismo

Publicado em 15/10/20 às 09:14:00

Exposição Parque Nacional das Emas - 60 anos - Bioluminescência

Ary Bassous

Exposição Parque Nacional das Emas - 60 anos - Bioluminescência
Foto Ary Bassous - Prêmio WPY 2014 (NHM London)

Ary Bassous é fotógrafo premiado internacionalmente, tendo atuado em diversas áreas da fotografia. Tem se dedicado nos últimos 15 anos a fotografar a natureza e a vida selvagem, sendo ganhador de vários prêmios, com destaque para o Wildlife Photographer of the Year em 2014. Além de publicações no mercado editorial nacional e internacional, é colaborador de organizações não governamentais e governamentais na área do meio ambiente. 
@arybassous 

No dia 11 de janeiro de 2021 o Parque Nacional das Emas e o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros completam 60 anos. Criados em 11 de janeiro de 1961 através de Decreto Federal fazem seus 60 anos com muitos motivos para comemorações. Ambos foram declarados Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO em 2001.

Estamos postando algumas exposições fotográficas sobre o Parque Nacional das Emas. Esta é sobre a bioluminescência, fenômeno que só ocorre no território no PNE.

As exposições são uma declaração de amor aos Parques e ao bioma Cerrado, que vivem sob permanente pressão das atividades antrópicas, buscando assim ajudar na conscientização de sua importância e preservação.

Outubro é o mês em que tem início o fenômeno da bioluminescência nos cupinzeiros, fenômeno único no Brasil e que só acontece no Parque Nacional das Emas, em Goiás. Bioluminescência é a emissão de luz por organismos vivos. Mais comum em meio marítimo, aqui ela acontece nos cupinzeiros do Cerrado, somente no Parque e normalmente acaba no final de novembro.

Após as primeiras chuvas no final da estação seca, principalmente em noites quentes e sem vento, após um dia chuvoso, as pequenas larvas de vagalume que já emitem luz saem dos buracos dos cupinzeiros para atrair insetos voadores e se alimentarem.

Ary Bassous, médico e fotógrafo, é o grande especialista em fotografar o fenômeno no Parque: entre outros, ganhou o prêmio do Wildlife Photographer of the Year em 2014, do Natural History Museum de Londres, o mais formidável e cobiçado prémio pelos fotógrafos de natureza do mundo, com uma foto da bioluminescência no Parque Nacional das Emas.

Com vocês, as maravilhosas fotografias de Ary Bassous.

Texto: André Monteiro            

Fale Conosco (64) 9948-5233