Blog

Confira as notícias, novidades e curiosidades sobre turismo

Publicado em 14/09/20 às 08:37:00

O Caminho de Cora Coralina.

Aventura, História, Poesia e Gastronomia.

O Caminho de Cora Coralina.

O Caminho de Cora Coralina

O Caminho de Cora Coralina é uma trilha de longo curso com aproximadamente 300 km de extensão, que cruza as cidades históricas de Corumbá de Goiás, Pirenópolis, São Francisco de Goiás, Jaraguá e a Cidade de Goiás, abrangendo também os municípios de Cocalzinho de Goiás, Itaguari e Itaberaí. Idealizado em 2013, o projeto teve como propósito interligar os municípios, povoados, fazendas e atrativos, passando por antigos caminhos, numa rota turística para Caminhantes e Ciclistas, que trouxesse novas oportunidades para a região promovendo a geração de emprego e renda.

Para a definição do traçado tomou-se como principais fontes documentais a obra do historiador Paulo Bertran, História da Terra e do Homem no Planalto Central, o  relato de viagem “A Jornada a Goiás de Luís da Cunha Menezes, desde Salvador, em 1778”, quando este veio empossar-se no Governo da Capitania de Goiás; os livros “Viagem à Província de Goiás” e “Viagem ao Interior do Brasil” dos naturalistas Auguste de Saint’Hilaire e Johan Emanuel Pohl respectivamente, que passaram por esses caminhos entre 1818 e 1821; “Viagem às Terras Goyanas”, de Oscar Leal, extraordinário relato escrito nos anos 1880; e o “Relatório Cruls” – Relatório da Comissão Exploradora do Planalto Central do Brasil que explorou, entre 1892 e 1893, uma ampla região do entorno do Distrito Federal para definir a localização da nova Capital do Brasil.

Foi também de fundamental importância para a definição do traçado as informações obtidas com moradores locais, que em alguns casos acompanharam a equipe de pesquisa de campo nas expedições exploratórias em busca de locais citados nos documentos, ou em longos bate-papos, onde a tradição oral difundia fatos e feitos ocorridos na região.

A pesquisa de campo mostrou a existência de povoados, alguns bem cuidados, outros em processo de decadência pela falta de oportunidades para trabalhadores e jovens em busca de educação. Viu-se a oportunidade de inserir estes povoados no roteiro vislumbrando perspectivas para os seus habitantes, fato que se tornou realidade com o surgimento de diversos serviços como hospedagem, alimentação e outros.

A gastronomia goiana vem mostrando sua diversidade e suas qualidades em locais de apoio aos usuários do Caminho, objeto de comentários nas redes sociais, assim como em muitas oportunidades vai-se às raízes da cultura goiana quando convive-se com os habitantes locais. 

Ao longo de seus 300 km se encontram, em locais estratégicos, 60 placas com poemas de Cora Coralina que servem para suavizar a caminhada e inspirar os caminhantes que fazem do roteiro uma busca para o seu verdadeiro ser.  

                                                                                                                                                                                 

O percurso é dividido em 13 trechos de diferentes distâncias e graus de dificuldade. O tempo para sua execução depende da condição atlética dos participantes e também do objetivo. Para quem tem experiência e faz em média 25 km por dia, é bom reservar pelo menos 12 dias. Muito importante seguir a sinalização e dicas de viagem que podem ser encontradas no site, assim como adquirir o Passaporte do Peregrino, carimba-lo nos pontos de apoio e receber o Certificado ao final do percurso. O planejamento e o apoio são fundamentais para curtir e aproveitar ao máximo esse passeio.

Para maiores informações visite o site www.caminhodecoracoralina.com.br, que é muito completo, e mãos à obra! Venha curtir essa trilha rica em aventura, natureza, história, gastronomia e poesia. Monte seu grupo e aventure-se de bicicleta ou caminhando.  Compartilhe com a gente sua experiência e seja parte dessa história.

Por.  Bismarque Villa Real

Fale Conosco (64) 9948-5233